BRA 011 3129-8649 | AUS 07 5538-1480 info@australiago.com
Imagine um país cheio de beleza naturais, com paisagens que agradam a todos os estilos. Praias magníficas, sol, um clima perfeito e um povo super hospitaleiro que adora esportes e aproveitar a vida ao ar livre. Sim, estou falando sobre morar na Austrália.

Não é exagero dizer que quase todos os brasileiros que vem para cá acabam voltando para o Brasil com o mesmo pensamento: Quero morar na Austrália.

E não é por menos. Não existe nenhum outro lugar no mundo que ofereça a qualidade de vida, segurança, educação, comodidade e o estilo de vida do australiano.

Eu vim para a Austrália pela primeira vez em 1992, para fazer um curso de inglês. Quando voltei para o Brasil, fiquei 3 anos com a pulga atrás da orelha até que finalmente, em 1995 surgiu a oportunidade de voltar.

Realizei a prova do IELTS e transferi minha faculdade do Brasil para ser finalizada na Austrália e acabei me apaixonando por esse país. Tanto, que estendi meu visto para fazer uma Pós-graduação em 1997 e um MBA em 1999. Com isso, consegui um visto de trabalho em uma empresa australiana de consultoria financeiro e, depois disso, abri a Australia Go e me estabeleci por completo aqui.

Então, se você está pensando em ter uma experiência incrível para estudar, trabalhar ou até mesmo vir morar na Austrália, confira essas dicas para se dar bem por aqui.

Como é morar na Austrália?

A Austrália é um país gigante em todos os sentidos. Sua grande extensão territorial permite que o país tenha todos os tipos de clima. Desde imensas faixas de areia da costa leste, passando pela neve nas montanhas do estado da Vitória, até o árido deserto Outback, que cobre toda a região central australiana, a vida na Austrália agrada a todos os gostos.

Essa grande diversidade de cenários traz consigo cidades de todos os tipos e que combinam com qualquer estilo de vida que a pessoa que quer morar na Austrália esteja procurando.

É também essa variedade de climas que define muito as atividades esportivas, sociais e o que fazer em cada região. Isso também define bastante a forma como cada um se relaciona com o próximo pois, aqui, o clima afeta bastante o comportamento, combinado com os fatores culturais de cada cidade.

Já pensou em pegar uma praia no sábado e praticar ski na neve no domingo? Na Austrália, isso é possível!!!

Onde Morar na Austrália?

 

Se você vir morar na Austrália irá perceber as grandes diferenças que existem entre morar em cidades maiores e cidades menores. Todas têm suas características específicas e que definem bem a sua rotina.

Por exemplo, você irá encontrar cidades metropolitanas como as badaladas Sydney e Perth ou a cosmopolita Melbourne.

Encontrará cidades que possuem sua vida urbana em meio ao paraíso, como no contraste da praia com os grandes arranha-céus de Gold Coast, cravados bem no centro da cidade, na famosa Surfer’s Paradise. São 70km de praia com vários dos melhores picos de surf do mundo.

Você também encontrará cidades que oferecem uma vida mais tranquila, ao ar livre e com pé na areia, como Sunshine Coast e Byron Bay. Ou, até mesmo cidades ao pé das montanhas, onde no inverno neva como se fosse a Suíça, inaugurando a temporada das estações de ski e snowboard. Esses são os casos de Melbourne, Canberra e próximo à Sydney, onde você encontrará estações de Ski como Thredbo e Falls Creek.

Existem também regiões praticamente inexploradas, onde cidades pequenas nascem, e populações pequenas vivem em harmonia com a natureza, com belezas naturais bem escondidas, onde o turismo ainda não chegou. Ou até mesmo cidades no meio do nada, inóspitas, longe de tudo.

Qualidade de vida na Austrália

qualidade de vida e morar na australia

É indiscutível que, morar na Austrália, traz uma qualidade de vida difícil de ser batida: belíssimas paisagens naturais, vida ao ar livre e prática de diferentes esportes, tudo isso em um país de primeiro mundo.

A qualidade da educação torna o australiano um povo muito culto e honesto. Dificilmente você irá encontrar um australiano em que não possa confiar e que também não irá confiar em você. O índice de violência e assaltos é baixíssimo, a renda é muito bem dividida e a corrupção também é muito baixa.

Não é à toa que todos os brasileiros que vem para cá dizem que o país é o Brasil que deu certo.

Aqui, os empregos possuem uma faixa salarial não tão desbalanceada como é no Brasil e a oferta de emprego é muito alta. Isso faz com que quase todos os australianos tenham um bom poder aquisitivo e uma qualidade de vida alta. Aqui todos podem viajar e aproveitar o tempo livre, esteja você trabalhando em um escritório ou como garçom. A discriminação para qualquer tipo de emprego é muito mais baixa do que estamos acostumados.

Os brasileiros que moram na Austrália também se incluem nessa realidade. Nós somos vistos, muitas vezes, como profissionais muito bem preparados – principalmente aqueles que possuem nível superior completo.

Todos os principais destinos dos brasileiros que vem para a Austrália são cidades maravilhosas. São bastante arborizadas, limpas, planejadas e organizadas e a grande maioria delas possuem praias ou estão próximas à elas.

Existem diversas áreas de lazer espalhadas pelas cidades, principalmente nas regiões centrais. É muito comum o australiano tirar um momento de descanso durante o horário de almoço (lunch break) para realizar suas refeições e relaxar nos parques das cidades antes de voltar para o trabalho.

O transporte público também é sempre de muita qualidade e o que não irá faltar será coisas para fazer e aproveitar toda essa estrutura. Você irá encontrar diversas opções de lazer como lojas, shoppings, cafés, bares, restaurantes e festas. Muitas das cidades australianas possuem bairros mundialmente conhecidos pela sua vida agitada, como Kings Cross em Sydney ou Surfer’s Paradise em Gold Coast.

 

O que fazer na Austrália? Turismo e Lazer

 

viajar e morar na austráliaPosso viajar durante meu curso? Mesmo que você esteja morando na Austrália para estudar, você pode E DEVE viajar para conhecer todas as paisagens australianas, já que existem diversos intervalos de vários dias nas grades dos cursos. O visto de estudante também irá te permitir permanecer por mais 4 semanas, aproximadamente, após o término das aulas.

Acredite: viajar na Austrália é maravilhoso, com suas estradas ótimas, cenários incríveis e segurança pública excelente. É claro que precisamos sempre estar alerta, principalmente em lugares mais afastados, mas a criminalidade é muito menor do que em outros países.

E ainda existe uma infinidade de praias, ilhas, montanhas e parques que estão ali esperando para serem descobertas.

 

Custo de vida na Austrália

 

Toda essa qualidade de vida, porém, tem um preço. E ele é alto.

A Austrália é realmente um país caro para se morar e, dependendo da cidade que você escolher e da sua renda, seu poder de compra e, consequentemente sua qualidade de vida, irão mudar. Por isso, é preciso prestar bastante atenção no custo de vida da cidade que você quer morar antes de qualquer coisa.

Cidades grandes e populosas, como Sydney, Melbourne e Perth, têm um custo de vida muito mais alto do que cidades com menos habitantes, como Gold Coast e Brisbane, por exemplo.

O aluguel das grandes cidades é muito alto, quase 100% mais caro que cidades médias. Por isso, você provavelmente irá optar por dividir o apartamento com mais pessoas e em uma região mais afastada do centro. Isso com certeza diminuirá sua liberdade para estudar, ter seu próprio banheiro e coisas desse gênero. Além disso, também gastará mais tempo (e dinheiro – as tarifas não são baratas) para se locomover entre uma região da cidade e outra. Principalmente para ir à escola, que muitas vezes estão localizadas nas regiões centrais das cidades.

É uma simples conta de padaria: quanto mais barato for viver, melhor você vai morar, comer e se divertir. Lembrando que a maior parte da sua despesa será sempre com o aluguel, em qualquer cidade que você for morar.

Por isso, eu sempre digo para todos os meus alunos que é muito importante analisar bem o custo médio do aluguel em cada cidade, pois realmente o estilo de vida pode mudar muito dependendo de quanto você for gastar com a moradia. Às vezes, morar em uma grande cidade pode não valer tanto a pena quanto em uma cidade com valores mais baixos.

Muitas pessoas me perguntam, qual a melhor cidade para fazer intercâmbio ou morar na Austrália? Se quiser minha opinião, a minha dica de cidade seria Gold Coast. Além de ser uma cidade belíssima e cheia de atrações para todos os gostos, existem muitos imóveis disponíveis e uma população média. Com isso, a famosa lei da demanda e procura faz com que os preços dos aluguéis e imóveis sejam muito mais baratos que todas as outras cidades.

Você não quer vir morar na Austrália para ficar dentro de casa, certo? Em cidades litorâneas menores, a praia é sempre pertinho e o trânsito e poluição são praticamente inexistentes comparado com as cidades maiores.

Por isso eu ressalto, escolha primeiro uma cidade com custo baixo. Assim você consegue se estabelecer e se habituar com o novo país. Depois, caso queira ir morar em outra cidade, tudo bem, pois pelo menos em sua chegada você escolheu um ponto de partida com risco menor.

 

Como é Trabalho na Austrália?

 

Uma pergunta recorrente que escuto, seja dos meus alunos ou nas feiras que frequentamos é a respeito do trabalho. Por isso, criamos um post que aborda todos os temas e mostra como trabalhar na Austrália.

Um erro muito comum que as pessoas cometem é acreditar que nas grandes cidades existem maiores oportunidades de emprego. É claro que existem mais vagas, mas a competitividade também é muito maior, principalmente para vagas de serviço, setor onde a maior parte dos brasileiros recém-chegados procuram emprego.

Proporcionalmente falando, as oportunidades de trabalhar na Austrália são as mesmas em todas as cidades e, às vezes, mais fáceis de se conseguir em cidades menores.

Além disso, o povo australiano possui muita cultura, dão grande valor à educação e valorizam muito o trabalho e a meritocracia, o que fica evidente quando vemos as universidades com centenas de milhares de estudantes. As grandes universidades públicas também estão sempre com todas as vagas preenchidas.

Eles possuem um grande senso de responsabilidade e sabem que é necessário se qualificar para conseguir ganhar da competição que existe no mercado de trabalho em todas as áreas da economia.

Mas isso não quer dizer que o mercado de trabalho australiano esteja saturado, muito pelo contrário. Como a população é pequena (a Austrália possui hoje aproximadamente 22 milhões de habitantes), existe falta de profissionais em diversas áreas, o que inclusive faz com que o país crie incentivos para importar mão de obra especializada de outros países.

 Separamos algumas das posições de emprego, e conforme a lista de demanda de profissões, temos algumas: Chef, Carpinteiro, Engenheiro, Arquiteto, Analista de Sistemas, Gerente de Creche, Eletricista, Mecânico de Automovel, Fisioterapeuta, e muitas outras…..

 

E, Como são os australianos? Como eles tratam os brasileiros?

 

Não é à toa que todo mundo quer vir morar na Austrália: os australianos são muito receptivos, educados e adoram receber estrangeiros.

O povo é muito diversificado e não existe uma unidade única, uma vez que a Austrália foi formada por muitas nacionalidades diferentes com características muito distintas.

Se trata de um país muito novo e que conta com a imigração de muitos povos até hoje. Vale lembrar que ela foi inicialmente colonizada para ser uma espécie de “exílio”, onde os prisioneiros (convicts) da Inglaterra, em sua maioria ingleses e irlandeses, eram enviados para cumprir pena.

Ao longo dos anos, diversas outras etnias migraram para a Austrália, com pessoas vindas de diversos países da Europa, Ásia e também da América do Sul, principalmente brasileiros.

Essa grande quantidade de nacionalidades cria um mix cultural muito grande, com várias religiões, várias etnias e costumes diferentes, fazendo com que você encontre uma mistura única de culturas na Austrália. E, por mais que exista uma coexistência muito grande de várias pessoas de lugares diferentes, o índice de conflito é muito baixo.

Eu estaria mentindo se dissesse que consegui identificar um tipo específico de estilo, pois realmente não tem como definir um.

Eles dão muito valor à vida e são ótimos para equilibrar suas obrigações com o lazer. Em todas as cidades fica muito evidente o balanço entre trabalho ou estudos com o tempo destinado à evolução pessoal e aos amigos. Em algumas cidades menores as pessoas são ainda mais acolhedoras, pois existe ainda um ar de pequena província.

Os estudantes internacionais também são muito bem vistos pelos locais. A integração social entre diferentes culturas acontece desde que o país nasceu e, ainda por cima, os estudantes estrangeiros enchem os cofres do país.

Para você ter uma ideia, a área de educação estrangeira, ou seja, a indústria do intercâmbio (cursos de línguas, universidades e cursos técnicos) é o terceiro maior mercado de exportação da Austrália.

 

DICA EXTRA: Como se dar bem com o povo australiano e fazer amigos

Muitas vezes, fazer novas amizades é uma das maiores preocupações para quem quer ir morar em um país novo. Falta de referências, conexões, amigos e família pode fazer com que a pessoa tenha medo de se sentir sozinha. Mas vamos lembrar que estamos falando da Austrália!

Se dar bem como o povo australiano não é difícil:

Comece conhecendo e respeitando às leis Australianas. Isso vai te ajudar a conquistar o respeito imediato. Os australianos são muito nacionalistas e respeitam todas suas leis e as regras (mesmo sem concordar com todas elas).

Be kind. Cuide do país como se fosse o seu. Respeite os próximos e, principalmente, ao meio ambiente.

Seja produtivo. Tente agregar algo, mesmo nas menores interações. Os australianos são muito abertos e adoram conhecer pessoas novas e interessantes.

Work Hard. Reconhecimento é algo que realmente acontece na Austrália. Grandes conquistas atraem não apenas amizades valiosas, como também grandes oportunidades de trabalho. Os resultados de um curso bem feito e com notas altas é sempre muito bem avaliado pelas empresas, que analisam as notas individuais em comparação aos outros alunos da sua sala de aula, por exemplo.

Gosto de dizer que o clima de acolhimento do australiano começa já dentro do avião, com a simpatia e bom humor dos comissários de bordo, e a seriedade no preenchimento do cartão de chegada (no avião você recebe um cartãozinho que precisa declarar as coisas que tem, aonde vai ficar, de onde veio e para onde vai, etc).

É um mix de respeito, bom humor, honestidade e educação.

Estudar na Austrália é uma experiência que você vai guardar para o resto da vida. E, para que ela seja ainda melhor, é muito importante você viver tudo que o país tem a oferecer. Sempre digo aos meus alunos para que não se restrinjam apenas aos relacionamentos com brasileiros e outros estudantes internacionais da mesma escola. É preciso abrir a cabeça e procurar formas de conhecer os nativos, seja pelas ruas, bares, cafés, restaurantes e até nas atividades desenvolvidas pelas próprias escolas que, muitas vezes, trazem australianos para explorar a cidade e sua vida cotidiana.

 Trabalhar na Austrália também é uma oportunidade única e que vai mudar sua visão, tanto na vida pessoal quanto profissional. Vivenciar a Austrália já é incrível por si só, mas viver e trabalhar por aqui te dará a sensação de ser um verdadeiro australiano. Por isso, sempre recomendo aos meus alunos escolher uma universidade que facilite a integração social, fazendo parte da comunidade. A universidade permite a integração grande entre os alunos internacionais e locais. Essas conexões de sala de aula se transferem para grandes amizades que muitas vezes acabam por gerar grandes empregos e oportunidades muito melhores do que para àqueles que estudam em uma escola pequena, apenas com estudantes internacionais.

 Morar na Austrália com a família também é uma experiência maravilhosa. Os filhos podem viver livres e com segurança, além de aproveitar os parques, as praias, as escolas e, impulsionados pelo modo de vida dos australianos, terão um estilo de vida mais saudável. A vida de uma família na Austrália traz bastante estabilidade, uma vez que o país possui uma economia muito estável e permite um planejamento de vida. É muito possível atingir seus objetivos, no médio e longo prazo.