BRA 011 3129-8649 | AUS 07 5538-1480 info@australiago.com

– ESTUDAR NA AUSTRÁLIA – 

ESTUDAR NA AUSTRÁLIA

Como Ir Estudar Na Austrália?

 

 

1. Que tipo de CURSO eu posso escolher Quanto TEMPO tenho que estudar na Austrália para ficar FLUENTE?

2. É caro estudar na Austrália? Quanto DINHEIRO eu vou precisar?

 

1. Que tipo de curso eu posso escolher?

Você pode achar todos os tipos de cursos que você gostar em qualquer instituição educacional (escola, universidade, colégio, curso técnico, etc.) na Austrália. Na maioria dos casos o seu maior problema será escolher a cidade preferida, que se encaixe com o seu perfil, pois você não conhece bem o país, e por isso podemos te ajudar na escolha. Depois de escolher a cidade, fica mais facil para a gente te recomendar uma boa instituição de ensino dentro desta cidade.

Nós te proporcionamos informações gerais sobre as melhores opções que os estudantes estão interessados em todas as áreas. Nós não te damos informações específicas de uma ou outra escola ou universidade no nosso site, pois nós temos que pesquisar individualmente para cada estudante, de acordo com as necessidades de cada um.

Entre em contato com a gente que podemos então te mostar mais informações de cada curso, cidade, escola, universidade, se possível pessoalmente.

General English? EAP (English for Academic Purposes)? Cambridge? Certificate I, II, III ou IV? Diploma? Advanced Diploma? Bachelor? Masters? Masters with Honours? Qual a melhor escolha?

General English – Para quem têm inglês pré-elementar até avançado.

EAP (English for Academic Purposes  ou inglês para fins acadêmicos) – Para quem está com inglês de intermediário avançado até avançado e para quem está buscando um curso mais avançado na Austrália. A maioria das escolas de inglês que oferecem EAP tem como conteúdo do curso, a preparação do teste IELTS (International English Language System),

Certificate I, II, III ou IV? Diploma? Advanced Diploma? Bachelor? Masters? Masters with Honours?

Normalmente depois de vencer a barreira da língua inglesa, as opções vão ser tantas que o aluno pode ficar desorientado (a). O mais importante é estudar em um nível mais avançado do que você já está no momento, para AVANÇAR na sua carreira e não ANDAR PARA TRÁS, por isso, cuide muito da sua escolha, pois será valorizado no seu currículo se você sempre mostrar que estudou um curso mais avançado e não um mais básico.

Por exemplo: Se você já terminou o colegial (ensino médio), você tem que estudar algo que seja um curso técnico (que geralmente entrada em várias faculdades, trazendo os créditos das matérias (ou cadeiras) que você já estudou no curso técnico na Austrália, pois os convênios que existem já permitem você entrar no segundo ano (transferindo do curso técnico estudado na Austrália).

Terminar o Colegial no Brasil não permitia você ingressar em uma universidade na Austrália direto. Você precisava fazer 1 ano de Foudation Course ou 1 ano de curso técnico.

Outra opcão e se você estudou em uma escola que tem ensino globalizado durante o seu ensino médio, com o mesmo sistema da Austrália, Inglaterra, Canadá, ou Estados Unidos, terminando o year 12 no Brasil neste caso pode ir direto para a universidade.

Os cursos técnicos são divididos geralmente em: Certificate (6 meses), Diploma (1 ano) e Advanced Diploma (1 ano e meio a 2). Existem variações de Certificate (I, II, III ou IV), dependendo da escola técnica, (College) pode ter sua estrutura diferenciada de College para College. Por isso, qualquer dúvida nos escreva no info@australiago.com .

Exemplo 2: Se você trancou a faculdade no BRASIL DEPOIS DE TER TERMINADO O PRIMEIRO ANO, podemos “transferir” seus créditos das matérias estudadas no Brasil para a universidade Australiana, e você já pode começar no segundo ano, talvez (depende se a universidade aceitar todos os créditos ou não).

Exemplo 3: Se você terminou a faculdade e quer fazer uma pós-graduação, existem tipos de pós-graduação, que geralmente se dividem em: Graduate Certificate – 6 meses ou 14 semanas (dependendo do sistema de aprovação da universidade em questão). Graduate Diploma – 1 ano (2 períodos de 6 meses ou 2 períodos de 14 semanas). Masters – 1 ano e 6 meses ou 3 períodos de 14 semanas (1 ano).

Lembre-se que o sistema de ensino universitário na Austrália divide-se em 2 tipos:

A- O normal como no Brasil, que são 2 semestres de 6 meses por ano com curso de duração de 3 a 5 anos.
B- O sistema igual ao dos EUA que são 3 períodos de 14 semanas por ano, com intervalos de 15 dias entre um e outro e no final do ano férias de 1 mês somente (SUPER INTENSIVO).

Nesta segunda opção, você TERMINA SUA FACULDADE EM 2 ANOS e se você decidir estudar um MBA (Master of Business Administration) ou qualquer outro tipo de Mestrado, em 1 ANO TERMINA!!!

Exemplo 4: Se você já terminou uma pós-graduação e quer fazer outra pós em outra área, ou um curso de Doutorado (PhD), existem alguns tipos de Doutorado e Pós-doutorado.

Atualmente, se você estudar 2 anos (92 semanas) em um curso técnicos que a profissão relacionada esteja na lista de demanda de profissões como por exemplo CHEF, permite que você depois de formado (a) aplique para o visto Temporary Graduate VIsa 485 que te permite trabalhar 18 meses sem ter que estudar depois de formado (desde que você complete todos os pré-requsitos para este visto Temporary Graduate Visa 485 – veja quais são – https://www.border.gov.au/Trav/Visa-1/485- )

Caso você estude 2 anos (92 semanas) um curso universitário (Bacharelado, Mestrado, Pós-graduação ou especialização), esta regra também se aplica, mas o Temporary Graduate Visa 485 é mais longo, podendo chegar até 4 anos em alguns casos, mas neste caso, não precisa estar na lista de demanda, ou seja, qualquer curso universitário de 92 semanas permite este tipo de visto.

Como você se vê o sistema educacional Australiano é bem diferente, e como estudei na Austrália durante 5 anos (Alain), conheci bem os detalhes de cada etapa, e depois de mais de 17 anos ajudando alunos como você encontrar o melhor plano de carreira, chegamos à conclusão que não existe atalho, porém, as recompensas são sempre grandes, para quem se esforça e conquista. Quer saber mais? Escreva para info@australiago.com .

Voltar ao topo

Quanto tempo tenho que estudar para ficar fluente?

Dependendo do seu nível de inglês, você tem que estudar 3, 4 ou 6 meses.

Pela experiência que temos com nossos alunos, chegamos à conclusão que estudando em uma escola de qualidade de ensino e estudando em casa no mínimo 1 hora depois da aula, os resultados abaixo são muito comuns:

Se você tem inglês básico você tem que estudar no mínimo 6 a 8 meses para conseguir tirar 6.0 ou 6.5 no IELTS.
Se você tem inglês intermediário, você tem que estudar no mínimo 4 a 6 meses para conseguir tirar 6.0 ou 6.5 no IELTS.
Se você tem inglês avançado, você tem que estudar no mínimo 3 a 4 meses para conseguir tirar 6.0 ou 6.5 no IELTS.

Lembre-se que estas estimativas de quanto tempo você deve estudar, são baseadas em experiência desde 1992 de alunos que ja foram matriculados através da Australia GO, e você pode aprender mais rápido ou mais lentamente, depende do seu programa de estudo pessoal na verdade.

 Voltar ao topo

2.É caro estudar na Austrália? Quanto dinheiro eu vou precisar?

Estudar na Austrália como um estudante estrangeiro não é barato, mas esta’ bem competitivo, com preços comparados a USA, Canada, e Irlanda, então veja com a gente que provavelmente vamos achar algo que se encaixa no seu bolso, não há dúvidas disso.

Para o estudante conseguir um visto, este terá que mostrar para a Embaixada Australiana no seu país que o mesmo possui dinheiro o bastante para pagar o curso que quiser fazer, ter dinheiro o bastante para conseguir se sustentar durante a sua estadia na Austrália e também para voltar para o seu país de origem.

Se você quer vir para a Austrália para estudar Inglês, você vai precisa em média, entre A$375 a A$650 dólares Australianos por semana para cobrir todas as suas despesas (não está incluso despesas de viagem e curso), dependendo de alguns fatores, como a cidade que você for morar, o tipo de acomodação que você for ficar, o estilo de vida, e também da universidade, escola ou colégio que você queira estudar. Tivemos alunos que conseguiram viver com somente 80 dólares por semana, mas isso foi porque dividia quarto com mais 1 ou 2 pessoas, e no final, conforto e bem estar dos alunos fica prejudicado.

Logicamente que eu já vi estudantes que conseguem “sobreviver” com 80 a 100 dólares Australianos por semana, mas geralmente moram com mais 3 ou 4 colegas no mesmo apartamento, dormindo 2 por cada quarto e um na sala. Enfim, deste modo, fica difícil achar espaço para estudar e se concentrar, o que é o mais importante.

Voltar ao topo

3. O custo do meu curso vai depender de onde vou estudar na Austrália?

Sim, com certeza! Não pelas escolas ou universidades, mas com certeza por causa das cidades. O custo de vida nas cidades de Sydney, Melbourne e Perth podem chegar a 10% a 20% mais caros do que na Gold Coast e quase 40% mais caros que em Hobart.

O valor das escolas em média varia muito de escola para escola, então entre em contato com a gente hoje que enviaremos valores exatos!

Se custo é importante para você, vale a pena lembrar que você não paga nada para a Australia Go te dar um conselho, isso é de graça. E lembre-se o tempo (é a dinheiro) que você vai economizar.

Veja também nas estatísticas de crescimento dos estados da Austrália, o estado de QLD (Queensland), é um dos que mais cresce, tendo a Gold Coast e Brisbane, como exemplos de progresso e oportunidades!!!

E vale a pena lembrar que na Gold Coast, aonde temos agencia para dar apoio para voces, o custo de vida e um dos mais baratos da Austrália. Quer saber mais? Escreva para info@australiago.com .

Voltar ao topo

4. Quais são os requerimentos para entrar em um curso universitário na Austrália?

Obviamente, isso dependerá do curso que você quer fazer, e particularmente se for um curso técnico (semelhante ao SENAC) de bacharelado ou pós-graduação.

Em geral, para ser aceito em um curso técnico você só tem que ter completado o segundo grau, e ter passado em um exame de Inglês (geralmente IELTS com 5.5).

Existem 2 tipos de prova do IELTS, uma mais dificil (academic) e outra mais facil (general).

Para os cursos tecnicos você precisa tirar 5.5 no tipo general.

Se for estudar curso universitário, os documentos necessários são muitos, e já não é tão fácil entrar, pois não basta ter terminado o ensino médio como no Brasil. Somos muito experientes nesta parte, por isso escreva para info@australiago.com , que te passamos instruções completas do que fazer se for cursar faculdade, especialização, pós-graduação, mestrado ou doutorado.

Não precisa prestar vestibular. O teste de inglês não é tão difícil, é lógico que se você estudar, tudo fica mais fácil, mas estudando o mínimo necessário você passa nestes testes.

Para ser aceito (a) em um curso de pós-graduação, você terá que ter terminado um curso de bacharelado. Para ser aceito (a) em curso de bacharelado (faculdade normal), você tem que ter completado no mínimo um ano de faculdade no Brasil ou qualquer outro país. Se você terminou o colegial, e quer entrar na faculdade direto na Austrália, isso não é possível dependendo do ano que você terminou seu colegial ou ensino médio.

Normalmente, você terá que estudar 1 ano de curso técnico na Austrália (ou Foundation course) para depois “transferir” para a faculdade (já com um ano de crédito TALVEZ, entrando no segundo ano da faculdade dependendo da equivalência de matérias). Lembre-se que o mínimo de inglês necessário para faculdade ou pós-graduação é o seguinte: IELTS 6.5 ou TOEFL 570.

Se você for estudar curso técnico o mínimo é 5.5 no IELTS. Dependendo do curso universitário, varia de 6.0 a7.0 no IELTS ou equivalente no TOEFL.

Normalmente, o Cambridge e o TOIC não são aceitos pelas universidades na Austrália, somente por algumas escolas técnicas.

Se você continua com dúvidas, entre em contato com conosco!

Quer saber mais? Escreva para info@australiago.com .

Voltar ao topo

5. O que eu preciso para começar um curso de inglês?

A resposta para esta pergunta é simples.

NADA. Somente a vontade e as condições financeiras de fazê-lo, e seguir nossas instruções de como proceder. Decidir qual cidade ir, já é um bom começo, depois, escolher a escola e o curso.

Assim que nós encontrarmos a escola para você, simplesmente preencha o formulário de matrícula que nós lhe enviaremos por fax, email ou correio, e, em alguns dias você estará praticamente matriculado (a).

Se você quiser saber como funciona o processo de matrícula, entre em contato com a gente agora!

Algumas escolas de inglês têm uma idade mínima, pois não aceitam estudantes mais novos que 18 anos.

Cursos de inglês, por exemplo, existem os níveis de General English, que vão de básicos até avançados, passando para o preparatório para o IELTS (International English Language Test System), Cambridge e outros testes.

Na Austrália, o IELTS é muito mais popular e conhecido, juntamente com o TOEFL. Os cursos para preparação do IELTS são os mais comuns e usados para conseguir abrir as portas das escolas técnicas e universidades Australianas.

Os cursos para preparação do IELTS existem em muitas escolas de nível excelentes, e muitos alunos já foram aprovados em escolas técnicas, faculdades, mestrados e outros cursos, fazendo estes preparatórios.

O Cambridge que é muito conhecido e popular no Brasil, infelizmente não é aceito pela maioria das escolas técnicas e universidades Australianas, mas no Brasil sim, é muito aceito e conhecido.

Recentemente, com as mudanças que aconteceram na Austrália, ALGUNS níveis de Cambridge começaram a ser aceitos nas universidades, então dependendo do nivel da prova do Cambridge que você fez, talvez de para você entrar direto na faculdade, ou algum tipo de pós-graduação.

Voltar ao topo

6. Eu preciso me matricular com um mínimo de quantas semanas?

Esta questão se aplica para os cursos de Inglês, que não tem um mínimo requerido para estudar, e é normal de ver estudantes europeus vindo para Austrália estudar 2 ou 3 semanas (com visto de turista).

Por outro lado, se você vier para a Austrália com um visto de estudante, você precisa se matricular em um curso específico, e seu visto será válido pela duração do curso no qual você se matriculou com mais 4 ou 5 semanas extra (férias).

Isso significa que na maioria dos casos, para ter um visto de estudante, você precisa se matricular em um curso de no mínimo de 12 semanas, mas no Brasil ficou convencionado 14 semanas (mas muitos vistos de estudantes já foram emitidos com 12 semanas somente). Como você estará pagando um montante considerável de dinheiro para vir para a Austrália, não faz sentido se matricular em um curso só por algumas semanas.

Se você já está na Austrália, à regra muda, e você pode renovar para menos semanas. Fique esperto (a)! Você não precisa pagar 14 semanas de curso de Inglês se for renovar seu curso e visto de estudante na Austrália!! Dependendo do seu nível de inglês, podemos te dizer exatamente quanto tempo você precisa estudar e quanto vai gastar. Talvez você nem precise mais estudar inglês, e possa ir direto para um curso técnico na sua área, faculdade, ou mestrado, quem sabe??

Voltar ao topo

7. Será que eu posso ganhar créditos dos cursos que eu já fiz no meu país? Mesmo que eu não tenha terminado este curso ainda (matrícula trancada ou até mesmo abandonado o curso)?

A resposta é SIM! Você pode receber créditos de matérias (cadeiras) que você já fez em uma universidade no seu país, mesmo que você não tenha terminado o curso.

Lembre-se que o curso tem que ser na mesma área (transferir de Administração para Medicina não dá certo, mas de Administração para Administração, por exemplo, não tem problema), assim as matérias (cadeiras) serão as mesmas.

O problema é que a universidade ou escola que você quiser estudar na Austrália não deve conhecer a sua escola ou universidade, na qual você estuda ou estudou no seu país de origem. Com isso, a documentação tem que ser muito bem organizada, pois assim, tudo é processado sem problemas. Nós sabemos exatamente o que é preciso para fazer essa transferência, pois já fizemos isso para vários estudantes de vários países (Brasil, Colômbia, USA, e outros). Por isso se você está interessado nesta opção, por favor, entre em contato conosco ainda hoje.

Voltar ao topo

8. Como um estudante internacional, eu posso trabalhar na Austrália legalmente? É verdade que consigo pegar a residência permanente estudando na Austrália? E sobre o reconhecimento do meu curso quando eu voltar para o Brasil?

SIM, com o visto de estudante, você pode trabalhar legalmente 40 horas por quinzena ( ou 20 horas semanais.
Se você estudar em uma área que esteja em falta de profissionais na Austrália, suas chances de conseguir a residência permanente são reais, existem!
Muitos alunos descobriram qual as áreas que necessitam de profissionais aqui na Austrália, e a Australia GO matriculou estes alunos nestes cursos.
Estudando o curso certo, você se torna um profissional reconhecido pela associação da classe (seja o curso reconhecido por esta associação), e consequentemente, a imigração Australiana irá reconhecer que você é um profissional de fato. Dependendo da área que você se formar (se for uma área que esteja em falta de profissionais na Austrália), quem sabe você fica na Austrália permanentemente? Por que não? Mais infos sobre residencia permanente neste link www.immi.gov.au.

Voltar ao topo

9. O meu curso de Certificado, Diploma, Advanced Diploma, Bacharelado, Mestrado, ou quaisquer outros destes, é valido e reconhecido no Brasil?

 

Esta é a pergunta que todos nossos pais fazem antes de nós pensarmos em estudar no exterior, principalmente na Austrália que fica tão longe. Mas é uma pergunta muito importante para o futuro de seus filhos, se eles estiverem investindo na educação de vocês. Se você está investindo em você mesmo, com recursos próprios, o mesmo se aplica. É a certeza do retorno. Não é?

Pois bem, esta pergunta tem que ser analisada, pois ela pode ser sim e não, dependendo do que você for estudar e a qual nível de ensino você for estudar.

Um engenheiro, por exemplo, precisa do CREA, um advogado do OAB, e assim vai, para trabalhar no Brasil depois de formado e tendo passado nos exames específicos, e tudo mais.
As associações de classe vão exigir que seu diploma seja reconhecido pelo MEC – (Ministério da Educação e Cultura) e se você se formar na Austrália, isso não acontece automaticamente, como nas universidades Brasileiras.

Existe um departamento de REVALIDAÇÃO de diplomas que fica dentro da USP em SP, que faz todo este processo.

Por isso, eu recomendo que: se você queira estudar um curso que precise de algum tipo de credencial (como CREA, OAB e etc), você se forme na faculdade no Brasil e venha para a Austrália estudar uma especialização, pós-graduação ou mestrado.

Assim, você não corre o risco de ficar dependendo da burocracia para reconhecer o seu diploma no Brasil depois de ter estudado tanto e gasto tanto na sua educação. O estudante corre o risco de ter que estudar mais para equivaler o seu currículo estudado no exterior com o currículo mínimo exigido pelo MEC.

A carga horária de aula no Brasil é muito maior do que a carga horária de aula na Austrália, pois os contatos de hora/aula são maiores no Brasil com certeza.
As transferências do Brasil para a Austrália geralmente são aceitas (de créditos ou cadeiras), nas universidades Australianas por este motivo. O caso inverso, no entanto, não se aplica.
Por outro lado, se você já é formado no Brasil, já é um profissional reconhecido, fica mais simples, e você pode retornar ao Brasil e ter sua profissão garantida, ao menos no papel.
Existe também o Mestrado Estrito Senso e Lato Sensu, que podem ser comparados respectivamente a Masters e Masters with Honours.

A nomenclatura muda um pouco, mas se você está confuso, fique a vontade para falar conosco ou escreva para info@australiago.com que tentaremos explicar melhor, pois são muitas informações que podemos te passar.

Voltar ao topo

Quer descobrir qual a melhor cidade para fazer intercâmbio? Veja abaixo diversas todas as nossas opções.

Outras Questões

Aventura

Morar na Austrália

Como ir para Austrália

Estudar na Austrália

Oportunidades

Ser agenciada pela AustraliaGO??? com todo prazer…. Toda a atenção e dedicação me fez sentir até especial.
Ir morar em outro país não é tão simples e divertido como pensamos, tem todo um lado desesperador que não imaginamos que vamos passar.
Porém como toda experiencia de vida, Alain sempre vêm com aquelas dicas ou lições que te fazem pensar e tomar decisões certas…
Uma agência que te leve pra Austrália seria muito simples se só resolvesse todo o problema de visto, passagem, matricula e por ae vai, porem é no “viver” que você aprende todo o valor da Australia Go…
Sempre se preocupando com os clientes, que com certeza acabam se tornando verdadeiros amigos!
Eline Marconatto

Eline hoje trabalha na IBM em Brisbane, Australia. Eline estudou EAP - English for Academic Purposes na Bond University e fez Masters of Project Management na Bond University